• @nando_bomfim_fotografo

A história da origem do artesanato de Capim dourado

Atualizado: 24 de Set de 2019


Artesanato que teve sua origem no Jalapão e tem esse nome devido a haste de uma flor branca da família das sempre-vivas ter a cor dourada quando está na época certa de colheita. Existem inúmeros produtos que são feitos a partir do capim dourado, e entre as principais peças estão bolsas, pulseiras, potes, brincos, chapéus, mandalas e enfeites de todos os tipos.

A arte do capim dourado vem de gerações como herança do povo indígena Xerente, dona Guilhermina Ribeiro da Silva, mais conhecida como Dona Miúda, falecida em 2010 é a responsável pela disseminação da arte que hoje é umas das grandes relíquias do pessoal que mora naquela região. Foi com o artesanato que Dona Miúda criou os seus doze filhos, ela viajava com os filhos até as cidades próximas a fim de vender as peças que havia produzido.

A arte de trabalhar o Capim é passada de geração a geração nos locais onde se originaram, como Ponte Alta, Novo Acordo, Santa Tereza, Lagoa do Tocantins, no Prata, Mumbuca e Mateiros, todas na região do Jalapão, sendo importante fonte de renda para muitas famílias.

Atualmente, o Capim Dourado ganhou popularidade e não mais está presente apenas no Tocantins como também é largamente utilizado em todo o Brasil e até no exterior. Por isso, ele ganhou um selo de identificação geográfica que o coloca como produto único e típico do Tocantins.

Onde encontrar: Por toda região do Parque Estadual do Jalapão, na foto vemos a Dona Jane confeccionando um artigo de capim dourado, sendo o local mais famoso na Comunidade Mumbuca


@phocoecoturismo @jalapao @capimdourado @historia

0 visualização

1197210-0052 - whatsapp

©2019 por Phoco Ecoturismo.